JORNAL MILENIO VIP

Histórias de Magé

Maria Teixeira dos Santos Costa

Nasceu aos 7 de outubro de 1914, na cidade de Magé, Estado do Rio de Janeiro. Era filha de Leopoldo Teixeira dos Santos e Anna Lopes Teixeira, cristãos virtuosos que sonberam educar seus filhos nos sãos princípios da religião católica.

Maria fez seus estudos com as Irmãs de Caridade, em Petrópolis, no Colégio Santa Isabel, onde se formou no curso Normal (Formação de Professores), pois em Magé, só havia o curso Primário. Exerceu as funções de professora primária em escolas estaduais do Município de Magé, tendo se destacado como Diretora da Escola Estadual Visconde de Sepetiba, durante vários anos.

Em 11 de fevereiro de 1942, casou-se com Irineu Galdino da Costa, então tesoureiro da Prefeitura Municipal de Magé. Desta união, nasceram três filhas: Nadyr Bernardette, Maria de Lourdes (ambas também professoras) e Maria ( falecida), que lhes deram quatro netos.

De espírito alegre e social, Maria gostava muito de receber os amigos, estando sempre pronta a dar uma palavra amiga, um sorriso cordial. Felicitá-los nas datas natalícias, era um de seus mais prazerosos compromissos.

Também era católica fervorosa e muito devota de Nossa Senhora.

Amiga de todos e querida por muitos, era sempre cercada por vizinhos e parentes , sendo sua casa procurada pelos sobrinhos que a chamavam de “Tia Maria”, mesmo os mais velhos, a todos fazendo questão de dedicar uma atenção especial.

Em sua carreira profissional, até o dia da aposentadoria, exerceu suas funções com eficiência, dedicação e honestidade.

Guardamos dela uma imagem viva e precisa, pois se foi de nosso convívio em 22 de setembro de 1966. Mas a bondade do seu coração nós não esquecemos, nem nos permitiria esquecer o calor e o abrigo familiar em que sua memória é velada.

Por sua dedicação ao trabalho, por seu forte exemplo de amiga e “família”, será, sempre, reconhecida e coroados seus esforços pelo bem comum.

SAUDADE é e será , sempre , a certeza de que sua presença querida continua muito viva entre nós.