JORNAL MILENIO VIP

Histórias de Magé

Quadro de Heitor dos Prazeres inspirado em paissagens de Magé

O adeus dos Poetas * Carlos Drummon de Andrade Querido Heitor dos Prazeres, que estás na esfera celeste: É hora de agradecer-te 0s prazeres que nos destes por tua pintura e música passa um fluído de poesia.

Poesia das coisas simples, unidas em melodia o Pierrot Apaixonado e o sambista da Mangueira, Saudosos, aqui ao lado, celebram-te a noite inteira.

Noites de festa no Rio, noite de danças e cores, em que teus pincéis e notas embalam nossos amores. Querido Heitor dos Prazeres: as injustiças sofridas hoje se apagam. Reluz a tua arte em nossas vidas.