JORNAL MILENIO VIP

Colunistas - Antônio Laért

Viveu valeu

Publicado na edição 160 de Dezembro de 2016

"Não fosse isso e era menos. Não fosse  tanto  e  era  quase”.

"Vazio agudo, ando meio cheio de tudo".

Paulo  Leminski (1944-1989)


A dor da ausência dói forte, passados seis anos desde que  Papai se foi. Não poder tê-lo por perto, receber mais o “Deus te abençoe”, não vê-lo nunca mais, é um sentimento que perturba e rói as entranhas feito um mistério. Nada consola essa ausência. A falta é um abismo insondável, no qual não podemos saltar para alcançar a perda. Não. Fica essa ausência a nos pregar incômodos na alma, como uma ferida que sangra. Há muitas coisas que não matam, mas nos enfraquecem para sempre. A falta é mesmo a morte da esperança. Me vejo no espelho, mas já não sou mais o mesmo. O tempo é elástico. Podemos nos sentir longe do que sucedeu, mas em algum momento tudo retorna com uma força que nos golpeia, fazendo voltar ao estado anterior à partida; ao passado de sonho que vivíamos: risadas saborosas e lembranças de uma alegria indizível. Ah, por que esse espelho cristalino torto teima em reproduzir imagens à revelia. A saudade detona esse mecanismo, por que ela é o preço que pagamos por ter vivido momentos inesquecíveis. E o preço não é barato, quando a troca, o aprendizado, o volume e a exuberância da vida foram intensas: revelação, iluminação, lampejo, sopro, elã, centelha. No tempo em que o tivemos entre nós, vivemos uma epifania. Qualquer faísca desse orgulho é preciosa e jamais deve ser desperdiçada porque reacende em nós a vontade de reafirmar que adoramos ter nascido e convivido. Papai nos entregou munição para lutar por um mundo melhor. Quiçá possamos continuar a ultrapassar as barreiras dessa corrida para seguir um vazio presente que ocupa lugar muito especial num nada que é tudo. Em verdade, preciso me reconciliar comigo, porque o abismo que esboça a queda é também aquele onde se esconde a possibilidade de voo. Gratíssimo Pai. Valeu viver. 
 

Antônio Laért
Conheça o perfil pessoal de nosso colunista ou outros artigos publicados por ele
Clique Aqui